Conheça Meus Livros

Conheça o romance Alma de Rosas
Conheça o romance Raptada
Conheça o romance sobrenatural As Noivas de Robert Griplen
Conheça a comédia Se Contar, Ninguém Acredita No Que Aconteceu Nesse Natal
Conheça a comédia Quem Deu o Habeas Corpus Para a Bruxa?
Conheça a antologia A Morte Não é o Fim

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Sentimentos Guardados No Armário


Por Talita Vasconcelos

Estava organizando os meus armários e gavetas, me desfazendo de coisas velhas que já não me servem, e me alegrando por encontrar aquele suéter de linho branco há muito perdido, e um trocado completamente esquecido no bolso de uma calça jeans…
É engraçado as coisas de que nos esquecemos com o tempo. Eu abro esse armário todos os dias, mas não consigo me lembrar quando foi a última vez que eu realmente reparei naquele gato de pelúcia que você me deu, embora ele esteja sempre ali, apoiado na prateleira, sombreado por um dos meus casacos de inverno. Mas hoje, por alguma razão eu reparei nele, ao tocar o pelo suave e macio. Lembro exatamente do dia em que você apareceu com ele, com um laço vermelho no pescoço, e disse que nosso amor iria durar até o dia em que esse gato de pelúcia morresse. Esse foi seu jeito bobo e extremamente adorável de me dizer que nosso amor iria durar para sempre.
Por que será que não deu certo? Às vezes eu me pergunto isso. Se eu não fosse tão teimosa… Se você não fosse tão certinho… Se tivéssemos nos esforçado mais… Não há nada errado em lutar com uma peça que não se encaixa para completar nosso quebra-cabeça. Talvez a beleza esteja exatamente nisso: em juntar nossas diferenças, e ir ajustando aos poucos, até colocar tudo em ordem, num encaixe perfeito.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Era Uma Vez... Dos Vilões Contarem Suas Histórias


Toda história tem muitos lados, muitas facetas; essa é uma premissa tão antiga quanto verdadeira. Foi pensando nisso que a editora Galera Record resolveu publicar novos contos de fadas, com outras versões de histórias que conhecemos desde os primórdios de nossas vidas.
Se por um lado O Livro das Princesas não trouxe grandes novidades, O Livro dos Vilões é um prato cheio para quem gosta de conhecer novas óticas dos contos de fadas, e lança novas luzes sobre personagens tão conhecidos e indesejáveis nos contos.



O Livro dos Vilões
Autores: Cecily von Ziegesar, Carina Rissi, Diana Peterfreund, Fábio Yabu
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Gênero: Contos de Fadas | Jovem Adulto
Sinopse:
Pessoas boazinhas são tão chatas. Não há nada melhor do que um bom vilão. Sei do que estou falando. Também tenho meus momentos de maldade, vocês me conhecem bem...
Por isso mesmo estou certa de que vão se divertir muito com este livro: Irmãs que amam sapatos e odeiam a meia-irmã - muito natural, é claro; uma madrasta hilária viciada num app para iPad e em experiências com venenos, huahuahua; uma bruxa que me lembrou muito dos tempos do colégio; e um lobo com crise de consciência... vai entender!
Então vamos parar de enrolação! Se estiverem na praia, peçam uma bebida bem geladinha e ajeitem seus óculos escuros, porque é impossível parar de ler as novas histórias desses vilões cheios de classe e... maldade!
Você sabe que me ama.
Xoxo, Blair Waldorf.


sábado, 8 de setembro de 2018

Vale a Pena Ver de Novo Bem Rápido – Parte 3: Um Dia o Castelo Cai...

No capítulo anterior, vimos Afonso desesperado para sanar os problemas herdados do reinado desmiolado de seu irmão Rodolfo em Montemor, e Catarina se aproveitando da nobreza do Rei para alcançar seu grande sonho: casar-se com ele.
Mas foi só conseguir se unir – ao menos no papel – ao seu grande amor, para a vilã descobrir que estava grávida... do Rei da Lastrilha!
Aí danou-se! Porque assim que Afonso descobrisse a gravidez, sabendo que o filho não poderia ser dele, ele poderia pedir a anulação de seu casamento – uma vez que a união já havia garantido o empréstimo pedido ao Conselho da Cália, que afinal, era o único motivo que o prendia à moça. Então Catarina teve que pedir ajuda à Bruxa Brice para enfeitiçar o marido e fazê-lo acreditar que passaram uma noite juntos.
Ao ser informado da gravidez da esposa, Afonso viu ruir seu relacionamento com Amália, que acreditava ser a única mulher em sua vida. E desta vez Afonso nem tinha argumentos para conseguir seu perdão, já que ele também não sabe o que aconteceu, ou como aconteceu. Tudo o que ele se lembra é de ter acordado e encontrado Catarina ao seu lado na cama.
Quem também não reagiu bem quando a notícia – a fofoca, na verdade, porque ele soube por Naná – da gravidez de Catarina chegou aos seus ouvidos foi Otávio. Foi então que ele decidiu propor uma aliança a Rodolfo para depor Afonso do trono. Rodolfo havia se mudado para Alcaluz, depois de ter sido expulso de Montemor fantasiado de cozinheira, pensando que Lucrécia não o deixaria na rua. E estava certo. Mas ela o forçou a trabalhar como empregado no castelo, uma vez que todos os funcionários abandonaram o local – e o Reino – após a falência.
Quem acabou simpatizando muito com o moço foi a tia Margot, Rainha de Alcaluz, que a Cália inteira sabe que é doida, e o confundiu com o avô dele, Guilherme de Monferrato, que num passado muitíssimo distante, a abandonou no altar – possivelmente para se casar com Crisélia.
E como descobre que há uma câmara secreta no castelo lotada com os tesouros que Margot escondeu – porque Alcaluz, afinal, não estava tão falida assim, a Rainha é que não batia bem –, ele decidiu entrar no personagem, fazê-la acreditar que realmente estava diante de seu avô, e levá-la ao altar.
Assim arranjados, Rodolfo desposou a matrona.

sábado, 1 de setembro de 2018

Vale a Pena Ver de Novo Bem Rápido – Parte 2: Sonhos Viram Realidade... E Pesadelos Também...

No capítulo anterior, vimos o Príncipe Afonso abdicar do trono de Montemor por amor à Amália, uma plebeia de Artena, depois de ela ter percebido que o povo nunca a aceitaria como esposa do Rei. Consequentemente, a coroa passou para a cabeça desmiolada de seu irmão Rodolfo, que não tardou em se casar com uma Princesa tão birutinha quanto ele; e mais tarde acabou sendo manipulado por Catarina a anular seu casamento com Lucrécia e se casar com a maquiavélica Princesa de Artena.
Mas quando o reinado de Rodolfo ameaçou levar Montemor à falência, Afonso decidiu tomar as rédeas da situação e recuperar o trono.
E é deste ponto que partimos hoje.

Meus Livros No Skoob